Projeto | Depoimentos | Aprovados no ITA |
Depoimentos ITA - 2008 PDF   E-mail
Qui, 07 de Janeiro de 2010 03:37

Confira aqui os depoimentos de alguns aprovados no ITA em 2008

Bem...ano passado foi meu terceiro ano e eu prestei vestibular para direito na unifor (universidade particular daqui) e para a ufc ( federal daqui) e também prestei medicina na uece (estadual daqui) resultado: não passei na segunda fase da ufc...não cheguei no corte de medicina e passei na particular cursei um mês de direito enquanto fazia cursinho ita/ime no c7s, depois tranquei a universidade e fiquei só no cursinho. acredite...eu era ruim...para ter uma noção do que era propriedades coligativas, reações orgânicas, cálculo, cínetica química, cônicas, torque etc e eu estudei bastante durante o ano inteiro...parte do sábado, parte do domingo, parte das férias. e resolvi praticamente todas as provas que eu tive acesso do ita e do ime e o resultado, mesmo que surpreendente para mim, passei no ita e no ime é só para terem uma noção que não importa que você seja ruim no começo do ano..dê o gás, aprenda a fazer prova... que no final do ano você pode ter uma surpresa também

Lucas Arêa Leão Barreto - Fortaleza - CE

Bom galera... vamos lá. Estudei durante 7 anos no colégio militar... fiz a minha primeira tentativa lá pelo cmf... na minha época de terceiro ano eu era um vestibulando com graned dificuldade de pegar ritmo de estudo... as horas de estudo que eu tinha não eram suficientes. A minha primeira tentativa foi ruim... consegui só um 222o lugar no ime e não passei no ita... foi um ano de pouco estudo e mta conversa mas foi excencial pra eu amadurecer a idéia de querer ITA de verdade. Bom na minha segunda tentativa eu mudei de colégio. Saí do Colégio militar e fui pro C7S ( colégio 7 de setembro ). Com ctza eu consegui organizar um bom horário na segunda tentativa, eu tinha sobretudo ritmo e estudei sábados, domingos e feriados. =P Acho importantíssimo dizr aqui o papel que as provas antigas têm. A maior evolução que eu alcancei foi resolvendo provas... resolvia no mínimo uma por dia. Infelizmente eu sofri uma grande decepção no IME... saí da prova já certo que tinha sido eliminado em inglês e não deu outra fui eliminado no IME com um 3,6 em inglês. A decepção foi grande... mas um prof. meu foi mto feliz numa conversa que teve cmg e eu a partir daquele dia foquei no ITA. Passei 1 mês estudando inglês e na hora do resultado do ime não fiquei triste pq o resultado eu já sabia que não alcançaria. Enfim... consegui passar em inglês no ITA e fui bem nas outras provas ( exceto português). O conselho que eu dô pra todos é o mesmo que o meu prof me deu: "Michael Jordan é o maior cestinha de todos os tempos pq na hora do arremesso ele não pensa nos outros arremessos anteriores... a preocupação dele é com aquele e único arremesso." Pensem no futuro... mas façam o melhor que puderem agora.

Filipe Simões Melo - Fortaleza - CE

Bom, sobre a comunidade ja falei no depoimento do IME mas, resumindo, ela me ajudou e MUITO! Mas vou contar um pouco da minha história... Essa foi a minha terceira tentativa de ITA. Quando fiz a primeira vez, no terceiro ano, tinha muita base, mas não era um aluno "maceteado", era muito lento e estudava meio errado... Me preocupava muito com coisas que caiam pouco, e pouco com assuntos que apareciam muito, ou seja, na prova levei bomba... Na segunda vez que tentei, mudei de cursinho, e lá aprendi muita coisa nova aprimorei a base que tinha ganhado no ano anterior. Na prova do ITA, acabei me arrebentando nas dircursivas por não conseguir controlar bem o tempo. Ainda consegui passar no IME em 116o. e na EN e, como não tinha ainda sido convocado no IME, resolvi ir pra EN mesmo, e acabei odiando! Não que seja ruim, mas não tinha nada a ver comigo... Então resolvi voltar pra Belém e tentar o ITA pela última vez... Esse foi, sem dúvida, o ano mais difícil, pois a pressão foi bem maior! Consegui um cargo de monitor no cursinho, o que me ajudou a ganhar velocidade e a trabalhar meu raciocínio (dizem que a melhor forma de aprender é ensinando...). Além disso, montei um grupo de estudos que me ajudou muito! Fizemos muitas questões parecidas (e algumas até iguais) às que caíram nas provas! E também já consegui organizar o tempo bem melhor na prova, e assim pude mostrar tudo o que eu sabia, o que resultou na minha aprovação! Bom, o que eu quero mostrar com isso é que, se você realmente tem um objetivo, vale a pena apanhar uma, duas ou até três vezes antes de alcançá-lo... Conheço muitos caras bons, que estudaram comigo, que poderiam hoje estar comemorando a aprovação também, mas por diversos motivos acabaram seguindo outros rumos... Acho que é isso, escrevi quase um "Senhor dos Anéis" aqui... =P Parabéns aos outros aprovados e boa sorte aos que tentarão ano que vem!

Renato Paraense Godinho - Belém - PA

Bom, eu sempre fui muito vagabundo com relação aos estudos. Achava bonito levar a escola nas coxas, passando sem o mínimo esforço. Talvez eu tivesse medo de, estudando, não ter confirmada toda aquela fama de inteligentinho que eu tinha. No final do terceiro ano eu vi que com o que eu sabia não dava pra passar nem em dança na unip, então comecei a estudar umas 3, 4 horas por dia. Resultado : passei na Unicamp, mas com 3 meses de aula eu já não aguentava mais a faculdade. O que me desmotivou não foi nem tanto qualquer motivo acadêmico, mas sim a falta de uma "turma". PArecia muito cada um por si. Eu sei que muita gente vai achar esse um motivo muito banal, mas o que mais me fez querer prestar ITA foi as histórias que o meu pai contava sobre os contemporaneos dele e o fato de que, 30 anos depois de formado, ele ainda é amigasso de muitos de seus contemporâneos. Tendo na minha cabeça o ITA , larguei a faculdade e procurei cursinhos especializados aqui na região. Estudei 2 meses no elite, mas não gostei muito e larguei. Nada a ver com o cursinho em si, ele tem otimos professores e tudo mais, mas eu passei a ver que eu rendia bem mais estudando por conta propria do que de qualquer outra forma. Nesse ano, porém, eu ainda não tinha o foco necessário pra levar estudos a sério, e tomei uma surra de pau mole nos vestibulares. Voltei a pensar que cursinhos eram a única forma de ser aprovado, e fiz 2 meses de poliedro. Mudei logo de cabeça, e voltei a estudar sozinho, desta vez com disciplina pra caralho, 10 horas por dia, com tudo organizadinho. Acabei passando no IME e no ITA. PORRA, OLHA PRA MIM, EU NUM TENHO NADA DE ESPECIAL EM TERMOS INTELECTUAIS. SOU A PROVA VIVA DE QUE ESTUDAR POR CONTA PRÓPRIA É UMA OPÇÃO TÃO VIÁVEL QUANTO FAZER CURSINHO, NÃO IMPORTANDO O QUÃO PÍFIO É SEU QI. É SÓ TER GARRA E DISCIPLINA, E O RESTO VEM AUTOMATICAMENTE.

Bernardo Amorim - Campinas - SP

Acho q num tenho nada de motivador pra falar não... Talvez até tenha. Todo mundo escuta historias de pessoas que estudaram muitas horas por dia, perderam feriados, fins de semana e também de pessoas q resolveram mil provas passadas e mil questões que os cursinhos por aí oferecem. Sabe de uma coisa, não se assuste se vc não estiver encaixado nesses quesitos. Eu nunca gostei de me matar de estudar, no 3º ano levei bomba! Mas esse ano eu comecei a estudar 4 horas por dia, de 2ª a 6ª, e estudava um pouco no fim de semana. Depois meu ritmo diminuiu e basicamente fui parando de estudar... Mas quando o IME se aproximou, eu me arrependi de não ter estudado mais, como n havia mais tempo, a única coisa a fazer era resolver prova, mas nem isso dava. Então, tive que optar por uma matéria: química. Resolvi umas 12 provas, e fora isso havia passado 2,5 semanas estudando reações, acabou dando certo. Esperava ser eliminado em inglês, fiquei muito triste depois do IME, não conseguia estudar, simplesmente voltei a ser o q era no 3º ano xD... Mas quando se aproximou mais da prova do ita(com o lançamento do resultado do IME), eu comecei a fazer questões de provas passadas de química(novamente, minha fraqueza) de eletroquimica e equilibrio, na última semana eu resolvi umas 3 provas passadas. Graças ao resultado do IME eu fiz as provas tranqüilo e isso foi de fundamental importância. Acho q já falei bobagem demais. A mensagem q eu quero deixar é que vc não deve se preocupar se vc não estudou muito, às vezes vc pode estar mais preparado do que pensa, mas é claro q devem tentar estudar muito! =D E preocupem-se mais com suas fraquezas, a minha era química ;D Boa sorte a todos!

Francisco Osman Pontes Neto - Fortaleza - CE

Vou tomar este espaço pra contar um pouco da minha jornada até passar no ITA! Bom, em 2006 eu cursei o 3o ano no Colégio 7 de Setembro, em Fortaleza. No início, eu não sabia o que queria da vida, era um verdadeiro vagabundo. Eu não conseguia estudar mais que meia hora por dia e, logicamente, não passei no ITA por não ter praticamente nada de conteúdo. Em 2007, me mudei para Brasília pois meu pai conseguiu um emprego melhor lá. Inicialmente eu tentei ficar em Fortaleza, pois sabia que a tradição de aprovação no ITA é maior aqui; porém, meu pai não deixou e eu fui morar em Brasília. De jeito nenhum eu me arrependo, pois lá conheci grandes pessoas e pude melhor minha base em 1000%. Estudei feito um louco durante todo o ano. Começava as 8 horas da manhã e terminava as 2 horas da madrugada! No domingo eu descansava, nas férias de julho tive aulas. O cursinho que eu estive matriculado era o Pódion, que é o grande e Brasília. Ainda não há muita tradição por lá, mas o cursinho está melhorando MUITO a cada ano. Prova disso: em 2007 não aprovou ninguém no ITA e em 2008, aprovou 4 alunos! Bom, continuando.. Em 2008, convenci meu pai a vir morar em Fortaleza! Deixei minha família em Brasília e vim morar com minha avó em Fortaleza. Voltei pro C7S, consegui bolsa de 100% e prometi que iria fazer valer tal bolsa. Estudei MUITO durante o ano todo. Voltei a estudar com meus amigos do 3o ano e conheci novos amigos, que foram muito importantes, pois eu não tive meus pais aqui e neles encontrei irmãos. Estudava todos os dias das 8 da manhã às 10 horas da noite. Todo domingo a gente se reunia no colégio pra estudar algo. Fizemos as provas das Olimpíadas Norte-Americanas de Química (que parecem muito com as provas de marcar do ITA). A partir de agosto, começamos a fazer as provas do ITA e do IME. Fizemos MUITAS provas. Todas que estavam acessíveis, na verdade! Acho INDISPENSÁVEL (para quem quer passar) que essas provas sejam resolvidas! No mais, tive ótimos professores, tive o apoio de amigos, da minha família, da minha namorada e, principalmente, FÉ EM DEUS! Acreditei na minha aprovação em todo momento e tive GARRA! Nunca fui gênio, sempre fui determinado! Antes de entrar nessa empreitada, saiba o que você QUER! Você, OBRIGATORIAMENTE, vai abrir mão de MUITAS coisas.. e, ao fazer isso, você tem que acreditar que, no fim, vai valer a pena! Resultado de tudo isso: passei na EFOMM, passei na Escola Naval duas vezes, passei na AFA, passei no IME e... PASSEI NO ITA! Acreditem, não há sensação melhor que ver o resultado de tanto esforço! Agradeço a todos os que acreditaram em mim e que me ajudaram! Agradeço aos meus amigos, que foram irmãos! Agradeço a minha família, minha namorada e a família da minha namorada, que foram como pais! Procurem trabalhar o aspecto mental de vocês.. Não adianta estudar loucamente se no dia você ficar muito nervoso (não passei no IME em 2007 por nervosismo)! O ITA, normalmente, é um projeto pra mais de um ano.. não desista na primeira tentativa! Se você não é gênio, calma.. eu também não sou e passei! Ao resolver as provas anteriores, cronometre um tempo menor que você terá no dia da prova (entre 1h30min e 3 horas)! Leve os simulados a sério! Não tenha medo de pedir ajuda aos veteranos! Outra coisa que recomendo: leiam o depoimento do Lucas Arêa (o cara é a determinação em pessoa)! Para finalizar, desejo a todos que vão tentar ITA em 2009 muita paciência, muita garra e muito esforço! DÊEM O GÁS GALERA! Foi mal se prolonguei demais! Espero que vocês não achem que eu sei de tudo.. Apenas me dediquei muito e acredito que esse é o maior segredo! Não sei de fórmulas para passar, só quis mostrar a minha jornada e ressaltar aspectos que considero importantes!

Igor Rodrigues Barroso - Fortaleza - CE

Fiz o ensino fundamental e médio no Colegio militar de fortaleza e sempre fui um aluno mediano, passava bem, mas nunca ficava entre os primeiros da turma. Até o primeiro ano eu nem sabia o que era ITA. primeira vez que eu vi ita foi qnd eu vi uma questão que eu passei 3 horas tentando fazer e não consegui nem chegar perto de resolver.hehe passei direto e passei o primeiro e o segundo ano estudando pra fazer direito. Infelizmente, no começo do meu segundo ano, meu avô faleceu e uma das coisas que ele tinha muito orgulho era o fato de eu ter estudado no cmf, pq ele estudou lá qnd era moleque. a morte dele meio que me tocou, e eu resolvi estudar ao máximo pa tentar ser coronel aluno, que é o primeiro lugar do colegio. estudei mt e abri mão de mta coisa, enao consegui ser primeiro, fui segundo, mas percebi que se eu estudasse com muito afinco, eu conseguiria o que eu quisesse, e decidi fazer o ime/ita. começo do terceiro ano omecei a asssitir as aulas do caex e quase chorava de raiva. entendia nada, principalmente de matematica. vinha simulado e eu quase zerava todos eles. não passei de primeira e resolvi tentar de novo. fui pro C7s que jah conhecia alguns professores e de novo matematica era o terror. estudei muito. fiz todas as provas do ita de 79 pra ca e do ime de 98 pra cá. resolvi aquele livro de geometria do cara do pará(esqueci o nome dele) todo, mais dois livros do titu andreescu. ia estudar todo domingo no colegio e depois do ime dei aquele gá e ia até a madrugada estudando com meus amigos. No fim, acabou que matematica deve ter me colocado dentro do ita( fiz 18 de marcar e nove de escrever) e o meu conselho pra qm vai tentar é de nunca desistir e sempre acreditar que se vc quiser muito, e se esforçar, vc consegue tudo que quiser. BOa sorte pros que vão tentar e pra qm vai pro ita ate o dia 25.

Ricardo Gabriel Pontes Lins - Fortaleza - CE

Rpz.. a primeira coisa q u falaria pra quem quer passar eh: estude!! Tenho certeza q tem caras bem mais inteligentes q eu q n passaram esse ano.. mas com certeza existem poucos q estudaram mais.. eu fiz um pacto com meu professor do cursinho no inicio do ano.. ele disse: rpz.. estude..faça td q eu pedir.. q qnd acabar o ano, se vc n passar vc vai ter certeza q a culpa n foi sua.. eu fiz isso.. n q eu n tenha saido durante o ano,mas nunca estudei tanto em minha vida.. ainda mais q nunk precisei estudar pra tirar boas notas... e agora.. to feliz pra kralho.. pq passei no vestibular q muita gente acreditava q eu ia perder... Passei poha!!

Gabriel Chagas Marques - Salvador - BA

Assim como praticamente todos os aprovados desse ano, eu também tomei uma grande rasteira na minha primeira tentativa no ano passado. Eu lembro como se fosse hoje do desanimo e da tristeza em que eu estava quando não passei, e ver no site do Rumo ao ITA os depoimentos dos aprovados de 2008 me deu um gás MTO grande pra poder levantar a cabeça e seguir em frente. Hoje, felizmente, chegou a minha vez de poder escrever aqui..=) Antes de mais nada, a primeira coisa que você, que busca realizar o seu sonho de ser aprovado no ITA, tem que colocar na cabeça é: NUNCA desista dos seus sonhos! Tenha isso sempre em mente, e você vai longe, muito longe... A minha empreitada e os meus tropeços durante o caminho nao vêm muito ao caso. O que interessa é que todo mundo tem suas dificuldades e seus momentos ruins, as fases dificeis em família, os problemas de relacionamento com namoradas, a vontade de aproveitar e curtir com os amigos.. tem muita coisa que pode te atrapalhar, mas é fundamental manter SEMPRE o FOCO e não se acomodar NUNCA! Você vai precisar abrir mão de MUITA coisa, e isso não mata ninguém. Durante o ano todo eu me apoiei em um único pensamento: me imaginar no momento em que eu estaria vendo meu nome na lista dos aprovados! Isso me dava animo bizarro pra continuar em frente, e pode ter certeza: ver seu nome naquela lista não tem preço, não tem nada igual! Vale cada minuto de estudo e cada minuto de sono perdido! Eu não quero aqui ficar defendendo e babando nos ovos do Poliedro e entrando na discussão sobre cursinho , porque eu sei que o propósito disso aqui não é esse, mas seria falta de consideraçao nao citá-lo, porque eu aprendi MTA coisa ali, não só com relaçao às disciplinas, mas com relação à postura pra encarar o vestibular do ITA, que é o mais importante pra qm sonha em conseguir chegar lá... Primeiro de tudo, o que vai determinar sua aprovação quase que totalmente é a sua POSTURA. Muitas pessoas que prestam ITA têm o conhecimento suficiente pra conseguir a nota de corte, mas poucos tiveram a GARRA, a CALMA e a CONFIANÇA pra buscar a aprovação! E é isso que faz a diferença na hora da prova... Mantenha seu FOCO durante TODO o ano! Dê o seu melhor, e tenha confiança de que o resultado uma hora vai chegar. Durante todo o ano eu sentia um medo enorme de não passar. Estudava 40 horas por semana além das aulas do cursinho, mas ainda assim achava que não seria suficiente, que tudo ia dar errado... mas minha mãe sempre me animava me dizendo: "O universo conspira a nosso favor!", e isso acabou virando a frase que me acompanhou o ano todo pra me por pra cima. Acredite nisso.. faça tua parte, procure aprender o máximo possível, que as coisas conspiram pra dar certo... MUITAS questões da prova desse ano eu já tinha resolvido igual ou muito parecida, já tinha discutido com meus amigos ou já sabia exatamente como resolver.. E a PRINCIPAL dica é : resolva o máximo possível de provas que você conseguir! Eu resolvi todas as provas do IME desde 98, e as do ITA eu resolvi todas desde 2003 e uns 5 anos de prova dos anos 90, e ainda achava que poderia ter feito muito mais... Resolva cada uma dessas provas pensando que é o dia do vestibular. Marque o tempo, concentre-se e se esqueça de tudo o resto como se fosse o dia do seu vestibular, porque isso é q vai fazer a diferença.. Procurem atacar suas dificuldades, dominem o básico das matérias completamente, e estude aqueles aprofundamentos que costumam sempre cair. Aproveite o ano pra corrigir suas dificuldades,e tenha certeza que um ano é tempo suficiente pra mudar MUITA coisa! Já falei demais, mas espero que alguém que leia isso aqui possa se sentir animado e confiante pra continuar seguindo firme na luta e estudando, pra poder tá aqui escrevendo um desses depoimentos no ano que vem! Abraço

André Antonio Battagello - Araçatuba - SP

 
Banner
Banner

Apoio

Banner

Pesquisa

Best online mobile porn videos and sub categories videos on the : erotic massage xxx movies watch online.

Login

Facebook Futuro Militar

Facebook Rumo ao ITA